terça-feira, 19 de janeiro de 2010

QUAL O MELHOR GOLEIRO DE TODOS OS TEMPOS? - Taffarel fica em 10º entre goleiros históricos da IFFHS

QUAL O MELHOR GOLEIRO DE TODOS OS TEMPOS? - Taffarel fica em 10º entre goleiros históricos da IFFHS 
 
lista dos melhores goleiros do mundo
 
JOGADOR  - PONTOS  
  1. Gianluigi Buffon (ITA) 87
  2. Iker Casillas (ESP) 73
  3. Peter Schmeichel (DIN) 69
  4. Oliver Kahn (ALE) 62
  5. Edwin van der Sar (HOL) 60
  6. José Luis Chilavert (PAR) 58
  7. Walter Zenga (ITA) 55
  8. Petr Cech (TCH) 50
  9. Michel Preud'homme (BEL) 43
  10. Taffarel (BRA) 40

 Ca para nos, o chilavert esta nesta lista é brincadeira.....e cade o Ceni? tá bom que o cara nao fez nada na seleçao, porem nao deixa de ser um goleiro de referencia.....
 
QUAL O MELHOR GOLEIRO DE TODOS OS TEMPOS?

 
O goleiro italiano Gianluigi Buffon, da Juventus, ficou em primeiro na classificação mundial histórica de goleiros entre 1987 e 2009 divulgada nesta terça-feira pela Federação Internacional de História e Estatística de Futebol (IFFHS, em inglês), enquanto o brasileiro Taffarel aparece em décimo.

 
Dida, atualmente no Milan, ficou em 13º na classificação. Outros brasileiros aparecem na lista: Júlio César (Internazionale, 27º), Rogério Ceni (São Paulo, 28º), Marcos (Palmeiras, 42º) e Zetti (ex-Palmeiras, Santos e São Paulo, 45º).

 
Buffon, campeão mundial pela seleção italiana em 2006, recebeu 87 pontos. Ele ficou à frente de Iker Casillas, que ficou com 73. Curiosamente, o goleiro do Real Madrid foi considerado o melhor goleiro de 2009 pela própria IFFHS.
 
Dos dez primeiros colocados da lista, quatro estão na ativa. Além de Buffon (Juventus-ITA) e Casillas (Real Madrid-ESP), Edwin van der Sar (Manchester United-ING) e Petr Cech (Chelsea-ING) ficaram entre os melhores de todos os tempos, de acordo com o órgão.
 
Taffarel disputou três Copas do Mundo: 1990, 1994 e 1998. Conhecido por ser um bom pegador de pênaltis, o goleiro se destacou na final do Mundial dos Estados Unidos contra a Itália, em 1994. Quatro anos depois, na França, o goleiro brasileiro voltou a brilhar na semifinal contra a Holanda, quando defendeu duas cobranças.

 

6858km de futebol


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget