terça-feira, 15 de setembro de 2009

Número de brasileiros na Liga diminui a cada ano


A Liga dos Campeões terá mais um vez muito do estilo do futebol do Brasil. Este ano, 70 brasileiros distribuídos em 28 equipes correm atrás do título da competição mais importante da Europa. O prestígio do futebol pentacampeão do mundo é tamanho que apenas quatro equipes abriram mão de ter um atleta brasileiro, casos de Rubin Kazam, Fiorentina, Zurich e Unirea. Apesar do número ser ainda muito expressivo ele vem diminuindo ano a ano.

Em 2006/2007, eram 88 brasileiros em 32 equipes, sendo que o Porto contava com dez - o goleiro Helton, os zagueiros Pepe e Ezequias, os meias Ibson, Anderson, Paulo Assunção e Alan e os atacantes Jorginho, Adriano Louzada e Bruno Moraes.

Na edição passada, o número caiu para 77 em 26 equipes. Destaque para o Roma, com sete: Cicinho, Juan, Rodrigo Taddei, Doni, Júlio Baptista, Júlio Sérgio e Artur. E o Fenerbahce também com sete: Roberto Carlos, Wederson, Edu Dracena, Alex e Deivid. Neste ano, são 70 em 28 times.
Bordeaux, Milan, Porto, Lyon e Inter de Milão são as equipes que têm mais brasileiros, com quatro. Isso sem contar os atletas naturalizados.

Casos do zagueiro Pepe, que defende as cores do Real Madrid, e naturalizou-se português, mesmo processo de Deco, do Chelsea. Agora alemão, Cacau joga no Sttugart e o Arsenal conta com o croata Eduardo da Silva.

oi de bila
6858km de futebol
http://6858kmdefutebol.blogspot.com/

Um comentário:

anderson disse...

cadê o blog andersonoradialista, o seu já esta no meu blog. abraços

Ocorreu um erro neste gadget