segunda-feira, 10 de maio de 2010



Goleada confirma Chelsea campeão



O Chelsea goleou (8-0) o Wigan e sagrou-se campeão de Inglaterra pela quarta vez na sua história, a primeira desde 2006. Didier Drogba ajudou à festa ao marcar três golos no espaço de 17 minutos da segunda parte.

Com um ponto de vantagem sobre os “red devils” à entrada da última jornada, o Chelsea dependia apenas de si próprio para impedir o United de conquistar o quarto título consecutivo e 19º, registos que passariam a constituir recorde no futebol inglês, mas Nikolas Anelka tratou de encaminhar o conjunto de Carlos Ancelotti rumo ao triunfo logo aos seis minutos. Sem qualquer português em campo (Henrique Hilário e Paulo Ferreira começaram o encontro como suplentes), os “blues” aumentaram a vantagem pouco depois da meia-hora, num penalty convertido por Frank Lampard, a castigar falta de Gary Caldwell sobre o médio inglês e que resultou na expulsão do defesa visitante por cartão vermelho directo. Salomon Kalou (54), Anelka (56), Didier Drogba (63, 68, de penalty, e 80) e Ashley Cole (90) deram expressão à goleada na segunda parte.
Em Old Trafford, o Manchester United, com Nani a titular, esperava pelo deslize do rival de Londres, o que não veio a acontecer, mas cumpriu a obrigação de ganhar ao Stoke, por 4-0, tentos de Darren Fletchter (31), Ryan Giggs (38), Danny Higginbotham (54, autogolo) e Ji-Sung Park (84), terminando assim a prova com 85 pontos, menos um do que o novo campeão, que poderá alcançar uma “dobradinha” histórica no próximo sábado, quando defrontar o Portsmouth FC (de Ricardo Rocha) na final da Taça de Inglaterra, em Wembley.
Com tudo decidido quanto às três equipas que desciam de divisão (Hull Citty AFC, Burnley FC e Portsmouth), o outro motivo de interesse era saber se o Arsenal FC conseguiria confirmar o terceiro lugar, o último com acesso directo à fase de grupos da UEFA Champions League. Com mais dois pontos do que o Tottenham Hotspur FC, os “gunners” derrotaram por claros 3-0 o Fulham FC, a pensar mais na histórica final de quarta-feira da UEFA Europa League, frente ao Club Atlético de Madrid, enquanto os “spurs” perderam (4-2) fora diante do Burnely.
O Manchester City FC manteve o quinto posto com mais dois pontos do que o Aston Villa FC, após os empates de ambas as equipas (o City no terreno do West Ham United FC com um golo de Luís Boa Morte), ao passo que o Liverpool FC fechou a temporada na sétima posição, no derradeiro lugar de acesso à UEFA Europa League, com mais um decepcionante resultado, empate a zero, na deslocação ao despromovido Hull City.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget