quinta-feira, 29 de maio de 2008

O ano acabou !

Os desafortunados vascaínos que como eu compraram a raspadinha do Vasco campeão da Copa do Brasil de 2008 já podem passar em qualquer padaria de dono lusitano e trocá-la por um sonho.

O time cruzmaltino, que não havia jogado nada na partida de ida das semi-finais do torneio na semana passada em Recife-PE, onde bastou o Sport jogar 20 minutos pra levar 2x0 de vantagem pro Rio, se deu ao luxo de fazer um 1o. tempo de uma mediocridade gritante no caldeirão da colina sagrada de São Januário. Morais, em péssima fase, não acertou nada e foi substituído no início da 2a. etapa por um esforçado Madson, que comandou o esforço extremo que levou o Vasco a sair do buraco aos 46 min. do 2o. tempo e forçar os pênaltis.

O que eu acho criminoso no time do Vasco é ele ter um centroavante como o Leandro Amaral e a bola simplesmente não chegar nele. A primeira vez em que isso ocorreu, no meio da 2a. etapa, o Vasco quase marcou. Na 2a., não houve perdão: em cabeçada prcisa, fizemos 1x0 quando faltavam uns 20 pro jogo acabar. A pressão era total, com Madson incendiando o jogo. Aí, o Jorge Luís foi expulso e, num espírito de covardia que tem caracterizado suas últimas direções, Antonio Lopes quase matou o Vasco tirando justamente o Madson, para pôr um zagueiro e recompor a defesa quando o Vasco ainda precisava do 2o. gol. Lamentável. Criminoso. Burrice inominável.

O Sport, em seguida, pôs uma bola na trave do Vasco com Enílton. O Vasco jogando na retranca se defende pior do que quando joga pra frente porque os defensores do time são muito ruins. O negócio é manter pressão o jogo inteiro porque na defesa, o time desanda completamente. Os defensores do Vasco não jogam nem na linha de aspirantes do Queimadense...

E quando tudo parecia perdido, Pablo (jogando de lateral, mais uma invenção bizarra do Lopes) chutou, Magrão rebateu e Edmundo não perdoou. O Vasco saía do buraco aos 46min. do 2o. tempo e conseguia pelo menos ir aos pênaltis cheio de moral.

No entanto, o mesmo Edmundo perdeu a primeira cobrança. De herói a vilão. De novo. Como no Mundial de Clubes. Pênalti, definitivamente, não é com o herói vascaíno. Todos os demais marcaram, inclusive os dois goleiros, Tiago e Magrão que bateram com extrema categoria a 3a. cobrança de cada time. No final, Carlinhos Bala fuzilou o Vasco.

Louve-se o Sport, que já eliminou Internacional e Palmeiras na competição, e que apesar da derrota de ontem, não foi covarde ou retrancado, sempre ameaçando o gol vascaíno. Está merecidamente classificado para a final onde vai ter que jogar contra a torcida, e principalmente, contra mídia, que tenta reerguer o Corinthians.

Aliás, o Corinthians está dando a devida prioridade à Copa do Brasil e pode ser campeão nacional mesmo na 2a. divisão. Vem jogando bola pra isso principalmente em casa. O fator campo vai ser decisivo nessa final.

O outro destaque de ontem foi o Fluminense. Foi para a Argentina e não se acorvadou. O Boca Juniors esteve na frente por 2 vezes. Por 2 vezes, o Flu foi buscar. Tiago Silva e Tiago Neves. Riquelme jogou muito, como sempre. Mas o Flu não deixou por menos. Meu irmão hoje de manhã me ligou da fila de compra de ingressos pro jogo da volta na semana que vem. O Flu pode ser o primeiro brasileiro a eliminar o Boca desde que o Boca de Pelé assim o fez em 1963. Se jogar como ontem, é possível. E o 0x0 ou 1x1 lhe favorecem.

Fim de semana chegando, Vasco x Grêmio no sábado... o ano ocntinua... e parece que vai ser longo e de mais sofrimento e decepeções... só resta o Brasileiro ao Vasco. Se jogássemos com a vontade do 2o. tempo de ontem teríamos chance. O pior é que esse time medíocre ontem jogou no 2o. tempo como nunca... e perdeu como sempre nesta década. Nem a vice chegamos mais...

A Euro vem aí... amanhã começo a passear pelos grupos e a fazer minhas previsões.

No sábado também amistoso da seleção contra o poderoso Canadá ! Poderoso ? Pois é: só 2 seleções do mundo nunca perderam para o Brasil, Noruega e Canadá (2 empates). Será que chegou o dia ?

6858km de futebol
http://6858kmdefutebol.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget