quarta-feira, 10 de março de 2010

Resultados da Liga dos Campeões: Arsenal 5 X Porto 0


Com direito a "pintura" e hat-trick, Arsenal goleia Porto e vai às quartas



O Arsenal está nas quartas de final da Liga dos Campeões pelo terceiro ano consecutivo. Nesta terça-feira, os comandados do técnico Arsène Wenger passearam no Emirates Stadium, golearam o Porto por 5 a 0 em Londres e reverteram a vantagem obtida pelos portugueses no jogo de ida (2 a 1, em Portugal, no dia 17 de fevereiro)..

O jogo
Se o Arsenal já havia se mostrado ofensivo fora de casa, no primeiro jogo, nesta terça o time multiplicou sua força no ataque. Sem deixar os portugueses passarem do meio-campo durante boa parte do primeiro tempo, os Gunners já finalizaram a vantagem portuguesa logo aos 10 minutos. Após longo lançamento do goleiro Almunia, Arshavin, em posição duvidosa, só escorou de cabeça para Nasri. O meia se chocou com a defesa do Porto, e a bola sobrou para Bendtner, que abriu o placar para o Arsenal.
Ainda assustado após o primeiro gol dos anfitriões, o Porto só apareceu com perigo cinco minutos depois, em jogada individual de Hulk que esbarrou na defesa londrina. O brasileiro, por sinal, era a principal referência dos portugueses na área do Arsenal, mas abusou da individualidade sempre que teve a bola.
Enquanto o Porto batia cabeça no ataque, o Arsenal jogava com tranquilidade, e foi assim, na base da paciência, que o time marcou seu segundo gol. Após bobeada de Fucile na lateral, a bola sobrou para Arshavin. O russo, com muita persistência, fez jogada individual e cruzou rasteiro para Bendtner, que só empurrou para as redes e marcou pela segunda vez na partida.
A partir daí, qualquer equilíbrio que havia no jogo desapareceu, e Hélton teve de se virar para não evitar uma goleada inglesa já no primeiro tempo. Em claras chances de gol, Bendtner, aos 43min, e Nasri, aos 48, pararam nas mãos do goleiro brasileiro.
O Porto bem que tentou voltar para o segundo tempo com mais eficiência no meio-campo e no ataque, mas foi o Arsenal que ameaçou primeiro, aos 2min, em cobrança de escanteio de Arshavin que quase resultou em um gol olímpico.
Principal esperança de gols do Porto antes do jogo, Falcao García só apareceu aos 9min, em uma bomba que explodiu no goleiro Almunia.
Mas a chance mais clara de gol dos visitantes veio aos 16 min, em cabeçada de Rodríguez. Nasri tirou a bola em cima da linha e evitou o tento que levaria o jogo para a prorrogação. Pouco depois, o mesmo Nasri apareceria novamente, não para salvar o Arsenal, mas para fazer o lance mais bonito da partida. Em belíssima jogada individual pela direita, o francês se livrou de três marcadores do Porto e chutou cruzado, quase sem ângulo, para fazer o terceiro gol do Arsenal.
O quarto gol veio logo depois. Aos 21min, após escanteio do Porto, a sobra ficou com a defesa do Arsenal. Arshavin puxou contra-ataque fulminante e, na entrada da área, passou para Eboué, que abriu pela esquerda e tocou na saída de Hélton, dando a deixa para a torcida local iniciar seu canto de olé.
Ainda dava tempo para mais um do Arsenal, mais um de Bendtner. Em cobrança de pênalti, no último minuto do jogo, o atacante completou seu hat-trick e deu números finais à partida.


6858km de futebol
http://twitter.com/6858kmdefutebol
http://6858kmdefutebol.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget