sábado, 7 de junho de 2008

Ressaca de Viño Tinto após um jogo de Boston...

Quando o jogo do Brasil estava por começar, Galvão Bueno veio demonstrando seus profundos conhecimentos esportivos, afirmando que a seleção do país de Hugo Chávez é conhecida na Venezuela como Viño Tinto. Mal sabia ele da ressaca que iríamos ter após o jogo.

Em toda a história só havíamos levado 5 gols deles... Daniel Alves se encarregou de aumentar essa estatística em 20%. Fez uma linha de impedimento rídicula, deixando Maldonado em plenas condições de arrancar desde o grande círculo e tocar na saída de Doni.

Pouco tempo depois, o mesmo Daniel Alves deu condições legais para outra arrancada e gol de Maldonado - este mal anulado pela arbitragem. Mas os outros 20% não tardaram: saímos jogando errado, Vargas tomou a bola, passou por 2, deu um elástico em Luisão e mandou para o canto esquerdo baixo de Doni. 2x0 Venezuela. Podia estar 3 se não fôsse o bandeira amigo. E o Brasil ? Uma bicicleta furada de Adriano, uma arrancada de Pato, desperdiçada por Gilberto, e só... O tripé formado por Robinho, Adriano e Pato não funcionava. E não funcionava por culpa de Dunga que escalou Robinho no meio, no papel do famoso 1 (do 4-3-1-2). Armar não é a dele. E a bola, por isso, não chegava no ataque.

Começamos o 2o. tempo, com Diego no lugar do Adriano e Robinho mudando de função, fazendo companhia a Luís Fabiano, no lugar de Pato no ataque. Com um armador, o jogo fluiu um pouco mais mas não conseguimos fazer o gol. Aliás, nosso primeiro chute a gol veio com inacreditáveis 25 minutos do 2o. tempo. Não chutar está se tornanod nossa especialidade - é só ver o post do amostoso contra a Irlanda, onde só demos um chuteno início do 20. tempo... E ainda demos chance para a Venezuela chegar ao 3o, numa jogada pela direita, em que nos livramos com um corte salvador dentro da pequena área antes da chegada de Vargas...

Dunga conseguiu com seu time mal-armado estragar a chance de vermos um time com Pato, Adriano e Robinho. Conseguiu fazer-nos perder a primeira para a Venezuela na história. Conseguiu manchar de vinho tinto a camisa da seleção. E nódoa de vinho não sai. Fica para a história.

Quero ver o que vamos fazer para encarar Paraguai e Argentina em 10 dias valendo vaga para a Copa. Kaká não jogará e duvido que ele saia com o Diego como titular. A ver.

Só como destaque, a Argentina bateu o México por 4x1 esa semana, com Aguero e Messi jogando um bolão. O Paraguai continua com uma defesa sólida apesar da derrota no amistoso dessa semana. Com a produção do meio-de-campo e da defesa de ontem vai ser difícil...

A ver também o início da Euro daqui a pouco...

6858km de futebol
http://6858kmdefutebol.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget